Com dois a mais, Furacão empata sem gols com o JEC em jogo confuso

Mesmo com dois a menos, Joinville segurou Atlético-PR e saiu com empate
Gazeta Press
Em um jogo confuso, com quatro expulsos na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense, com um jogador a mais desde o primeiro tempo, não passou de um empate sem gols diante do Joinville, perdendo seu lugar no G4 do Campeonato Brasileiro. Com 37 pontos, os donos da casa foram ultrapassados pelo São Paulo na classificação. Já o JEC, com 21 pontos, permanece na penúltima colocação, na zona de rebaixamento.

A partida começou sem emoção da Baixada, com o Furacão tendo a posse de bola na maior parte do tempo, mas sem a inspiração das últimas rodadas para atacar. Aos 10 minutos, o primeiro lance de real perigo. Marcos Guilherme recebeu na marca do pênalti passe açucarado e finalizou para grande defesa do goleiro Agenor, no puro reflexo. Aos 13, Sidcley abriu espaço para finalizar e mandou pela linha de fundo, com perigo.

O Atlético tentava se soltar, mas o JEC esperava qualquer erro para contra-atacar. Aos 15 minutos, Kadu tropeçou e deixou a bola para seu xará Kadu, que arrematou em cima de Weverton. Kempes partiu para a jogada individual, aos 24 minutos, entrou pelo meio da defesa atleticana e chutou no cantinho para mais uma defesa de Weverton.

Enquanto os catarinenses viviam seu melhor momento na primeira etapa, Diego, aos 28 minutos, recebeu o segundo cartão amarelo e foi expulso de campo. O Furacão, por sua vez, não conseguia aproveitar a vantagem numérica. O melhor em campo pelos donos da casa era o técnico Milton Mendes, que em duas ocasiões matou no peito a bola que saiu pela lateral e chegou a ensaiar algumas embaixadinhas. Aliás, quem teve a grande chance foi o Joinville, com Edson Ratinho, dentro da área, arrematando por cima da meta.

Precisando atacar, o Atlético-PR voltou para a segunda etapa com Ewandro no lugar do volante Deivid. Em sua primeira chance, aos três minutos, o atacante recebeu perto da área, dominou e chutou para fora. Aos cinco, foi a vez de Hernani arrematar de longe, para fora. Desespero em campo aos 15 minutos, com uma trombada de Lucas Crispim com Kadu. O jogador catarinense desabou no chão desacordado e saiu de ambulância, já consciente.

Com a bola rolando, aos 22 minutos, Edson Ratinho recebeu lançamento em liberdade mas, antes do arremate, o árbitro parou para marcar impedimento. O Furacão voltou a ganhar fôlego e tentava pressionar. Aos 28 minutos, Marcos Guilherme armou o chute de frente para o gol e Bruno Aguiar apareceu para salvar. Eduardo chegou pela direita, aos 36 minutos, viu a entrada de Walter, mas não conseguiu o passe.

Quando tinha praticamente 80% de posse de bola e pressionava, o Rubro-Negro paranaense perdeu o meia Marcos Guilherme expulso após se desentender na área com Alef, que também recebeu o vermelho. O clima era tenso, com muito bate-boca entre os atletas e algumas entradas mais fortes. Com 10 minutos de acréscimo, o Atlético teve tempo para buscar o gol, mas os jogadores do Joinville se entregaram totalmente à marcação para garantir o ponto fora de casa. Ainda deu tempo para Edson Ratinho ser expulso após chutar uma segunda bola para o gramado.

Na próxima rodada, o Atlético Paranaense enfrenta o Figueirense, quarta-feira, no Estádio Orlando Scarpelli, em Florianópolis. Já o Joinville recebe no mesmo dia a Chapecoense, na Arena Joinville.
FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0 X 0 JOINVILLE


Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 05 de setembro de 2015, sábado
Horário: 21 horas (de Brasília)
Árbitro: Flavio Rodrigues de Souza (SP)
Assistentes: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Daniel Paulo Ziolli – SP (Asp. Fifa – SP)
Cartões amarelos : Marcos Guilherme, Dellatorre e Ewandro (Atlético-PR); Diego, Fernando Viana e Kadu (Joinville)
Cartões vermelhos: Marcos Guilherme (Atlético-PR); Diego, Alef e Edson Ratinho (Joinville)

ATLÉTICO-PR: Weverton; Eduardo, Wellington (Cryzan), Kadu e Sidcley; Deivid, Hernani, Hernández (Dellatorre), Marcos Guilherme e Nikão; Walter
Técnico: Milton Mendes

JOINVILLE: Agenor; Mario Sérgio, Bruno Aguiar, Alef e Diego; Naldo, Kadu, Edson Ratinho e Marcelinho Paraíba (Fernando Viana); Lucas Crispim (Juninho) e Kempes (Domingues)
Técnico: PC Gusmão

COMENTÁRIOS

Nome

ABC,1,América-MG,9,América-RN,1,Atlético-GO,4,Atlético-MG,67,Atlético-PR,51,Avaí,39,Bahia,8,Barcelona,1,Boa Esporte,2,Botafogo,48,Bragantino,2,Brasil,48,Brasil de Pelotas,1,Brasileirão 2015,162,Brasileirão 2016,10,Brasília,7,Caldense,3,Campeonato Brasileiro Série A,427,Campeonato Brasileiro Série B,23,Campinense,1,CBF,34,Ceará,9,Champions League,37,Chapecoense,55,Chile,1,Cobresal-CHI,1,Colo-Colo-CHI,4,Copa América,4,Copa das Confederações,9,Copa do Brasil,97,Copa do Brasil 2015,36,Copa do Brasil 2017,6,Copa do Mundo,4,Copa Flórida,5,Copa Libertadores da América,30,Copa Sul-Americana,34,Copa Sul-Minas-Rio,13,Corinthians,106,Coritiba,48,CRB,1,Criciúma,6,Crônicas,98,Cruzeiro,65,Desportivo Capiatá-PAR,1,Destaques,1,Eibar,1,Eliminatórias Copa 2018,2,Estaduais 2010,27,Estaduais 2011,16,Estaduais 2012,2,Estaduais 2017,2,Europa League,6,FIFA,18,Figueirense,55,Flamengo,114,Fluminense,70,Fórmula 1,1,Futebol Internacional,215,Genoa,1,Globo FC,2,Goiás,37,Grêmio,68,Humor,14,Huracán,2,Independiente del Valle-EQU,1,Internacional,80,Ituano,7,Joinville,47,LDU Quito-EQU,1,Libertad,2,Libertadores 2015,5,Libertadores 2016,8,Libertadores 2017,5,Londrina,2,Luverdense,1,Macaé,1,Melgar-PER,1,Millonarios-COL,4,Mogi Mirim,4,Moto Club,3,Náutico,1,Noticias,943,Oeste,2,Olimpia-PAR,3,Outros Esportes,10,Palmeiras,95,Paraná,4,Paulista 2017,1,Paysandu,10,Ponte Preta,43,Primeira Liga,10,Primeira Liga 2017,12,Princesa dos Solimões,2,River Plate,2,River Plate-URU,1,Roma,1,Sampaio Corrêa,1,Santa Cruz,6,Santa Fe-COL,1,Santos,76,Santos-AP,3,São Paulo,77,Sport,48,Sportivo Luqueño,2,Sul-Americana 2015,22,Super Cup,1,Superclássico das Américas,1,The Strongest-BOL,1,Toluca-MEX,1,Transferências,18,Uefa,1,Vasco,99,Venezuela,1,Víni Cassela,1,Vitória,3,Volta Redonda,2,
ltr
item
FuteAki: Com dois a mais, Furacão empata sem gols com o JEC em jogo confuso
Com dois a mais, Furacão empata sem gols com o JEC em jogo confuso
Em um jogo confuso, com quatro expulsos na Arena da Baixada, o Atlético Paranaense, com um jogador a mais desde o primeiro tempo, não passou de um empate sem gols diante do Joinville, perdendo seu lugar no G4 do Campeonato Brasileiro. Com 37 pontos, os donos da casa foram ultrapassados pelo São Paulo na classificação. Já o JEC, com 21 pontos, permanece na penúltima colocação, na zona de rebaixamento.
http://2.bp.blogspot.com/-CjJG6OWUM2E/Veu2f6LUTFI/AAAAAAAAFAk/nrRUqDTiHOA/s1600/Mesmo%2Bcom%2Bdois%2Ba%2Bmenos%252C%2BJoinville%2Bsegurou%2BAtl%25C3%25A9tico-PR%2Be%2Bsaiu%2Bcom%2Bempate.jpg
http://2.bp.blogspot.com/-CjJG6OWUM2E/Veu2f6LUTFI/AAAAAAAAFAk/nrRUqDTiHOA/s72-c/Mesmo%2Bcom%2Bdois%2Ba%2Bmenos%252C%2BJoinville%2Bsegurou%2BAtl%25C3%25A9tico-PR%2Be%2Bsaiu%2Bcom%2Bempate.jpg
FuteAki
http://www.futeaki.com.br/2015/09/com-dois-mais-furacao-empata-sem-gols.html
http://www.futeaki.com.br/
http://www.futeaki.com.br/
http://www.futeaki.com.br/2015/09/com-dois-mais-furacao-empata-sem-gols.html
true
8560738132484122062
UTF-8
Carregar todos os posts Não foi encontrada nenhuma postagem VER TUDO Leia mais Responder Cancelar resposta Deletar Por Início PÁGINAS POSTAGENS Ver tudo POSTAGENS RELACIONADAS MARCADORES ARQUIVO PESQUISAR TODOS AS POSTAGENS Não foi encontrada nenhuma postagem de acordo com sua requisição Voltar ao Início Domingo Segunda-feira Terça-feira Quarta-feira Quinta-feira Sexta-feira Sábado Dom Seg Ter Qua Qui Sex Sáb Janeiro Fevereiro Março Abril Maio Junho Julho Agosto Setembro Outubro Novembro Dezembro Jan Fev Mar Abr Maio Jun Jul Ago Set Out Nov Dez agora mesmo 1 minuto atrás $$1$$ minutes ago 1 hora atrás $$1$$ hours ago Ontem $$1$$ days ago $$1$$ weeks ago mais que 5 semanas atrás Seguidores Seguir ESTE CONTEÚDO É EXCLUSIVO Por favor, compartilhe para desbloquear Copiar todo código Selecionar todo código Todos os códigos foram copiados Não foram copiado os códigos